Compartilhe

Pelo menos 420 pessoas participam da etapa de Chapecó do XIX Ciclo de Estudos do TCE/SC

Publicado em 03/07/2019 às 15:52 - Atualizado em 03/07/2019 às 15:52

“Estamos aqui para ouvir, falar e orientar os agentes públicos”, reforçou o vice-presidente do Tribunal de Contas de Santa Catarina, conselheiro Herneus De Nadal, ao saudar os participantes da etapa de Chapecó do XIX Ciclo de Estudos de Controle Público da Administração Municipal, na manhã desta terça-feira (2/7), na sede da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). O evento é promovido pelo TCE/SC e pelas associações dos municípios, com apoio da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e da União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc).

Com um público representando as 56 cidades das Associações de Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc), do Alto Irani (Amai), do Noroeste Catarinense (Amnoroeste) e do Alto Uruguai Catarinense (Amauc), a etapa de Chapecó reuniu 420 participantes. Para o presidente do TCE/SC, conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, a realização do Ciclo de Estudo reforça a função pedagógica do Tribunal. “Por meio dela [a função pedagógica], podemos exercer o controle preventivo e contribuir para o aprimoramento da gestão pública”.

Distribuídos entre as cinco oficinas técnicas, servidores municipais, prefeitos, vice-prefeitos e conselheiros municipais puderam compartilhar boas práticas de gestão e receber orientação sobre temas relacionados a atos de pessoal, controle interno, licitações e contratos, políticas públicas e conselhos municipais. “Este ambiente de estudos é favorável à integração entre o Tribunal de Contas e os jurisdicionados, resultando em melhoria da gestão municipal”, defendeu o supervisor do Instituto de Contas — unidade do TCE/SC responsável pela organização do evento —, conselheiro José Nei Ascari. “Mesmo estando no meu segundo mandato, entendo que a troca de informações é muito importante. Não tem mais espaço para gestão sem conhecimento”, reconheceu o prefeito de Jaborá, Kleber Nora, que participou da oficina de Licitações e Contratos.

Na quinta-feira (4/7), será a vez de Videira receber a 19ª edição do Ciclo de Estudos. Deverão estar reunidos na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) gestores de 27 cidades das Associações do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp) e do Meio Oeste Catarinense (Ammoc). Jaraguá do Sul (9/7) e Itajaí (10/7) sediam, na próxima semana, mais duas etapas do evento. No Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Ceja), no dia 9, o público-alvo serão os representantes das Associações de Municípios de Vale do Itapocu (Amvali), do Planalto Norte (Amplanorte) e do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc). Já na Universidade do Vale do Itajaí, no dia 10, a ação será voltada para agentes públicos de 25 cidades das Associações de Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) e da Foz do Rio Itajaí (Amfri).

Todas as abordagens têm apoio de um livro-texto, que está disponibilizado apenas na versão eletrônica no Portal da Corte de Contas (www.tce.sc.gov.br), no link Publicações/Ciclos de Estudos.

Crédito das Fotos: Douglas Santos (Acom-TCE/SC).


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Av. Getúlio Vargas, 571-S, Centro, Chapecó - SC
CEP: 89812-000